sábado, 22 de dezembro de 2012

Vença seu medo de dirigir

Autoconfiança é a chave do sucesso
Medo de dirigir é mais comum do que você pensa. 10% dos motoristas no Brasil têm medo de tirar o carro da garagem. Não poder levar a família e os filhos para a escola, por exemplo, é só um dos problemas que esse medo pode trazer. Mas a primeira coisa que você precisa fazer é aceitar que esse medo existe e enfrentá-lo. Se você já deu o primeiro passo, saiba que o medo sempre tem origem em algum trauma anterior: uma experiência ruim no trânsito, com um acidente mesmo que simples ou trânsito mais agressivo, podem desencadear esse tipo de reação.
O segredo para vencer o medo é um só: autoconfiança. Você precisa confiar no seu taco. É necessário se munir com toda a técnica possível e então repetir para si mesma que você está preparada e pronta para encarar mais esse desafio.
Repita o mesmo trajeto para ganhar experiência
Repita o mesmo trajeto para ganhar experiência
Trabalhe com a sua respiração. Quando o nervosismo começar a bater, respire e inspire lentamente pelo nariz. Isso vai te ajudar a ficar mais calma. E empregue esse exercício sempre que possível.

Comece tirando e colocando o carro da sua garagem, por exemplo. É um exercício simples e que ajuda a ganhar confiança. Quando estiver fazendo isso sem tremer, já pode passar para o próximo passo.
Em seguida, escolha um trajeto como o quarteirão ao redor da sua casa e percorra-o em um horário tranquilo. Escolha ruas sem crianças e sem muitos carros. Faça esse trajeto quantas vezes forem necessárias, até que você se acostume a ele e sinta confiança para partir para outros obstáculos. Quando estiver seguro o suficiente nesse trajeto, inicie outros caminhos, com subidas e descidas.
Mantenha a calma e controle sua respiração
Mantenha a calma e controle sua respiração
Não se assuste com os sinais do seu corpo ao medo, como tremedeiras e taquicardia, pois eles vão sumir com a prática. E mais importante: dirija para você! Não se preocupe com o que os outros vão pensar.

Letícia Assunção
 
Fonte: Leitura sobre o assunto na internet.

Nenhum comentário: